learnex

Minuto com Deus: Coração
Escrito por Eduardo Ferreira de Melo
Qua, 11 de Janeiro de 2012 08:30
PDF Imprimir E-mail

Ensina-me o Teu caminho, SENHOR, para que eu ande na tua verdade; dá-me um coração inteiramente fiel, para que eu tema o Teu nome. (Salmos 86:11)

 O que o salmista quer nos dizer é que temos um coração dividido quando nossa vontade não está alinhada com a vontade de Deus. Mesmo que nossa vontade seja correta, não tenha nada contrário à palavra de Deus ela pode não estar em linha com o que Deus quer naquele momento para nossa vida, ai sofremos.

Ou seja, sofremos muitas vezes não por querer algo errado, mas por não colocar em primeiro lugar a vontade de Deus, por isso o salmista pede para que Deus lhe dê um coração não dividido, indivisível, puro, integro fiel, ou seja, que só deseje o mesmo que Deus deseja apesar das aparências e ou circunstancias.

Por esse motivo quando Cristo estava no Getsêmani a oração que fez foi, ” que não seja feita a minha vontade, mas a Sua…..”.( Lucas 22:42b)

Você se lembra? É a oração que Jesus dirige ao Pai no Monte das Oliveiras quando estava próximo a sua morte, depois da qual veio a ressurreição. Essa frase expressa toda a sua intensidade o drama que se passa no íntimo de Jesus. Revela a ferida interior provocada pela repugnância profunda da sua natureza humana diante da morte, assim como nós. Mas Cristo não esperou esse dia para alinhar a sua vontade à vontade de Deus. Ele fez isso durante toda a vida.
Se foi essa a conduta de Cristo, essa deve ser a atitude de cada cristão. Também você deve repetir na sua vida:
“Não seja feita a minha vontade, mas a tua!”