learnex

Pastoral: Encontro por sobre as águas
Escrito por Pr Moisés Alves dos Santos
Ter, 29 de Novembro de 2011 07:59
PDF Imprimir E-mail

"Senhor", disse Pedro, "se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas".
"Venha", respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus. Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: "Senhor, salva-me"
Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: "Homem de pequena fé, porque você duvidou?"  Mateus 14:28-31

Na última Sexta feira nos reunimos para orar em vigília. Na ocasião oramos pelos desafios que o Senhor nos apresenta no mês de dezembro onde várias atividades mostrarão como nosso Senhor Jesus tem sido amoroso, nos desafiando a prosseguir dando passos firmes em sua direção. Começaremos dezembro anunciando que Jesus veio ao mundo e é a prova de que Deus amou a humanidade e tem um plano completo para a salvação do ser humano. Nós clamamos ao Senhor por um direcionamento e ouvimos a Sua voz nos chamando para sairmos do barco, da segurança daquilo que nossos olhos estão vendo, sairmos da estrutura do barco e caminharmos com fé numa superfície desconhecida. E é isso que estamos fazendo agora, dando os primeiros passos de fé. Na escuridão da madrugada Jesus anda sobre as adversidades nos chamando para segui-lo. Todos nós sempre queremos seguir a Jesus dentro daquilo que julgamos seguro para não afundarmos,  mas Jesus não quer que seja assim. Ele então nos desafia, quer que confiemos totalmente nele, nos lembrando que embora nosso barco seja resistente, ele é apenas um veículo que nos ajuda a chegar no nosso destino. Nosso barco é bom, mas não é a nossa segurança. Nossa segurança é ir aonde o Mestre nos manda. Jesus vez por outra não estará na estrutura do que conhecemos como confortável e seguro e pedirá que o sigamos. Não poderemos agir com medo, assombrados, duvidando do poder de Jesus nas coisas que consideramos fora do contexto religioso, ou mesmo questionando se Jesus amoroso nos chamaria a sair do nosso conforto e segurança. Queridos, o Senhor não quer que o sigamos para nos “sentir bem”, quer que cresçamos para enfrentar a dura realidade de um mundo que não nos amará por segui-lo. (1João2:16). Sair do barco é para quem tem coragem e fé. Enquanto Pedro reconheceu o domínio de Jesus sobre toda a situação, ele conseguiu manter seu foco , conseguiu caminhar firmemente superando “os problemas”. Observe que os problemas não desapareceram enquanto Pedro perseverava! O que fez a diferença então? Foi a fé depositada no Senhor Jesus. Uma fé superficial não é suficiente para manter ninguém na superfície. Davi cita em seu Salmo 69 “Salva-me, ó Deus!, pois as águas subiram até o meu pescoço. ”Você já sabe o que Deus faz quando você pede socorro, porém deve saber também o que Ele diz a todos que se permitem afundar... “Homens de pequena fé.” Com clamor e lamento, coloque-se diante do Senhor, reconhecendo seu domínio e majestade assim como fez Davi. A tarefa de anunciar a Jesus jamais deverá ser feita baseada em nossas capacidades. Ela é um ato de fé. A fé de que Jesus mesmo, pelo seu espírito (Espírito Santo) nos fará lembrar todas as coisas necessárias para serem ditas (João 14:26) e fará coisas ainda maiores (João 14:12).

Paz nas lutas, só com Jesus .                 

Moisés Santos